Opinião Sincera | Danganronpa

 

Lançado em Novembro de 2010, o primeiro jogo da série chama-se Danganronpa: Trigger Happy Havoc e retrata a história de Makoto Naegi, um garoto que, sob o título de Sortudo nível Super Colegial, recebe a oportunidade de adentrar a uma das escolas mais renomadas: a Academia Pico da Esperança, onde todos os alunos possuem habilidades de nível Super Colegial. A cada turma formada, um aluno é escolhido aleatoriamente dentre os jovens do Japão e, por ser selecionado sem habilidade alguma, recebem esse título de Sortudo de nível Super Colegial

O game tem a mecânica de investigação em um momento e uma mecânica um tanto diferente de refutação e discussão em outro momento. Mecânica essa que o torna único, de certa forma, pois apenas os jogos da franquia possuem essa mecânica de refutação e discussão dessa forma. 

Muitas pessoas não curtiram tanto a primeira animação da série, chamada de Danganronpa the Animation, pois ela é uma adaptação do jogo (sendo que, na animação, observa-se apenas as escolhas corretas do mesmo). A animação conta com gráficos similares ao game e algumas das mecânicas dele aparecem na animação (que se torna um pouco confuso para quem nunca viu o jogo).

A série possui 4 jogos diferentes (na ordem: Danganronpa Trigger Happy Havoc, Danganronpa 2: Goodbye Despair, Danganronpa Another Episode: Ultra Despair Girls e Danganronpa V3: Killing Harmony) e 2 temporadas do anime (sendo que a segunda temporada se divide em duas linhas do tempo diferentes e a recomendação é assisti-las de maneira intercalada).

Todos os games da franquia estão disponíveis para compra na Steam (por um valor um tanto quanto alto. A não ser que você queira comprar o pacote, que tem um descontinho legal) e na PSN para PS4 (sendo que os dois primeiros games estão juntos no Danganronpa 1-2 Reload).

Sinceramente, esta é uma das minhas franquias favoritas (a favorita mesmo é Code Geass, porque é sensacional) e, de longe, uma das melhores histórias de investigação que eu já vi. Recomendo fortemente, mas a linha que eu mais recomendo (que foi a que eu segui) estará marcado em negrito.

A história da franquia é envolvente, cheia de reviravoltas e teorias mirabolantes. A trama é puramente investigativa, com deduções e hipóteses a ponto de você duvidar do que você já sabia ou já tinha visto.

Se você ficou interessado em saber mais sobre essa série (garanto que é surpreendente, pois aparenta ser o que não é), aqui vai a ordem para você conhecer a história sem bugar com tudo:

Danganronpa Trigger Happy Havoc (jogo) ou Danganronpa the Animation (animação)

Danganronpa 2: Goodbye Despair (jogo ou mangá

Danganronpa Another Episode: Ultra Despair Girls (jogo, ou se você não tiver dinheiro assim como eu, ler os resumos na internet)

Danganronpa 3: The End of Kibougamine Gakuen (anime, que você assiste começando com a parte Mirai-hen e intercala com a parte Zetsubou-hen, finalizando com o episódio da parte Kibou-hen)

Danganronpa V3: Killing Harmony (jogo, e se você não tiver dinheiro de novo, segue a dica do Ultra Despair Girls)