Opinião Sincera | Manhunt: Unabomber

 

Theodore Kaczynski, adolescente superdotado que teve uma carreira como um brilhante matemático, graduando-se em Harvard e fazendo doutorado na Universidade de Michigan, com apenas 25 anos, foi professor assistente em Berkeley. Porém, no final dos anos 60, deixou uma carreira acadêmica e foi morar numa cabana isolada em uma floresta de Lincoln (Montana). Entre 1978 e 1995, Kaczynski enviou 16 cartas-bombas a universidades, professores e cientistas, causando a morte de três pessoas e 23 feridos. Sendo considerado um dos maiores serial killers. Especula-se que suas ações possam ser por traumas causados quando participou de um experimento psicológico da CIA, quando ainda era estudante em Harvard.

A série da Discovery (disponível na Netflix), baseada em fatos reais, retrata o dia-a-dia dos agentes do FBI em sua missão de desvendar quem era o terrorista Unabomber. Foram quase 20 anos entre a primeira bomba enviada e sua prisão, mas, na série, o foco maior é no final dessa busca, quando o especialista em comportamento criminoso e elaboração de perfis psicológicos, Jim Fitzgerald (Sam Worthington), é convocado para fazer parte do time.

Muitas das cenas se dividem entre Fitzgerald e Kaczynski, mesmo sem se conhecerem ambos sabem que o grande jogo se desenvolve entre os dois. Fitzgerald acredita que os agentes anteriores traçaram um perfil errado de Unabomber e, ao longo da série, ele tenta mudar as concepções acreditadas por anos. Do outro lado temos Kaczynski, que, com a chegada do novo agente, se vê pela primeira vez ameaçado e com um rival à sua altura. O que torna esse embate mais interessante é que eles compartilham algumas visões em comum.

O enredo se divide entre passado e presente, formando um quebra-cabeças, distribuído em oito episódios (e uma única temporada), que vai se formando, fazendo com que tudo tenha sentido, apesar de focar nos últimos anos da busca incansável por Unabomber. O elenco conta com Sam Worthington, Paul Bettany, Chris Noth, Keisha Castle-Hughes, Jane Lynch, Mark Duplass, dentre outros, e direção de Greg Yaitanes.

Manhunt: Unabomber é um prato cheio para os fãs do gênero. A história é contada de uma forma que você fica preso. Mesmo sabendo o final, descobrir o “como” é o grande mistério, a cada passo que parece que a busca chega ao final, na verdade tudo fica mais distante. Não espere nessa série grandes cenas de ação, sua construção e principais pontos são os diálogos, desvendar junto com Fitzgerald a mente desse terrorista. É para você assistir com calma, sem celular, pensando em como cada pista conta uma história. Ah, se você tiver afim de uma maratona só de serial killers, aproveita e assiste Mindhunter junto ;)