Opinião Sincera | Aggretsuko

 

              Lançado em abril de 2018, Aggretsuko é uma das mais recentes adições da Netflix. Inspirada em uma das personagens criadas pela Sanrio Co, empresa japonesa especializada em confeccionar produtos kawaii – sendo sua criação mais famosa a Hello Kitty – o anime conta a vida de Retsuko, uma panda vermelha de 25 anos, solteira, do signo de escorpião e sangue tipo A, que trabalha no setor de contabilidade de uma empresa, onde lida com diversas situações recorrentes do ambiente empresarial (como chefes abusivos e colegas de trabalho fofoqueiros). Apesar de atender às expectativas que lhes são cobradas, Retsuko possui um segredo: ela desconta seu stress e sua raiva cantando Death Metal no Karaokê.

 
aggretsuko-disponivel-netflix-brasil-anime.jpg
 

              A principal ambientação do anime é na empresa que Retsuko trabalha. Além dela, outras personagens de destaque são: Ton, o misógino e autoritário chefe da contabilidade, a quem a protagonista chama de “Porco Chauvinista”; Fenneko, uma raposa que divide a mesa de escritório com ela e é extremamente analista e crítica; Haida, um lobo que tem um crush por Retusko; e Gori e Washimi, a gorila diretora do marketing e a águia que é a secretária do CEO, respectivamente.

              Um dos pontos mais positivos da série é a franqueza que aborda o cotidiano da protagonista: ela não é feliz em seu emprego, ela tem que lidar com o machismo no ambiente de trabalho constantemente, com colegas de trabalho desagradáveis e puxa-sacos, com chefes abusivos, com um transporte público lotado e ainda ter que lidar com as pressões por ela ser mulher.

              Este ano está indo bem de animes na Netflix. Começou com a obra-prima Devilman Crybaby em janeiro e agora recebemos Aggretsuko. Importante ressaltar que essa é uma série excelente para realizar uma maratona, contando com episódios curtos de 15 minutos e apenas 10 episódios. Ainda não se tem notícias sobre uma possível segunda temporada.

 
images.jpg