Opinião Sincera | Star Wars Rebels (1ª Temporada)

 

              Star Wars Rebels é a nova série animada lançada em 2014 após a compra da LucasFilm pela Disney e o cancelamento da série Clone Wars. Ela mostra os acontecimentos entre os episódios III e IV com o surgimento das primeiras “faíscas" da aliança rebelde.

              A primeira temporada mostra o órfão Ezra Bridger encontrando por acidente por um grupo rebelde que vive de pequenos contratos para ganhar dinheiro e também fazem tudo que estiver ao seu alcance para derrubar o Império, que aqui tem 15 anos de existência.

              Entre os integrantes desse grupo está Kanan, um cavaleiro Jedi, que logo descobre os dons de Ezra e decide tentar treiná-lo para se tornar um Jedi e ser mais um na luta contra os Sith e o Império.

              Nos primeiros episódios a história vai se desenvolvendo bem com o Sith Inquisidor incubido por Darth Vader com a missão de impedir que novos Jedi surjam. Isso aparece como uma ameaça constante a princípio, porém logo isso vai diminuindo com o tempo.

              Ezra faz algumas descobertas interessantes sobre os Jedi e sobre seu passado, porém isso é abafado pelo foco que é dado às missões e contratos secundários que o grupo rebelde assume. Isso chega a ser frustrante, pois toda vez que parece que a história vai engrenar em algo, cortam para tramas secundárias sem muita importância para o contexto geral.

              Por mais interessante que seja ver mais aventuras em Star Wars, de treze episódios nessa primeira temporada, em torno de cinco deles mostram fatos que realmente agregam à história, culminando no season finale.

              Para quem é muito fã do universo criado por George Lucas e quer conhece-lo mais além dos filmes e dos livros, Star Wars Rebels é uma boa escolha, com algumas referências já conhecidas dentro do universo, mas sem se aprofundar muito.

              Nessa primeira temporada, não dá para assisti-la com muitas expectativas, até por se tratar de uma animação que tem como foco um público mais infantil que, muito provavelmente, não tiveram um contato mais profundo com o universo, como pelos filmes. No máximo assistiram à série Clone Wars até o seu cancelamento.

              Continuarei acompanhando as próximas temporadas para conferir se melhoram e apresentam mais fatos relevantes para somar ao cânone estabelecido pela Disney.

              A série, junto com os outros filmes do universo e Clone Wars, tem três temporadas disponíveis na Netflix. Se quiser assistir, corra lá antes que saia do catálogo!