Opinião Sincera | Los Hermanos Ao Vivo

 

Após quatro anos de hiato em shows, o Los Hermanos anunciou, em dezembro do ano passado, uma turnê em 2019 de 9 shows por todo o país. A banda, que decidiu parar em 2007, vem desde 2009 voltando a cada 3 ou 4 anos para reencontros que, com certeza, enchem o coração de felicidade de antigos e novos fãs do grupo carioca. Dessa vez, além de tocarem uma semana antes no Lollapalooza Argentina, a banda estreou sua turnê Brasil a fora pela cidade de Salvador, e nós estávamos lá para conferir!

O show aconteceu no dia 05/04 às 22:00hrs, na Arena Fonte Nova, e como era o primeiro show da volta da banda, havia dúvidas que pairavam na cabeça de todos os fãs naquela noite. Quais músicas eles vão tocar? A arena vai lotar? Como vai ser a interação com o público? Enfim, depois daquela noite acredito que as expectativas/dúvidas dos mais afanados foram devidamente respondidas/aclamadas. O céu de Salvador estava limpo, e a noite era clara, isso tudo combinou com toda a produção de palco que contava minimalistamente com neons coloridos e pequenas luzes que formavam constelações que mudavam a cada música, além de contar com dois telões de cada lado do palco que formavam imagens retorcidas em preto e branco do que cada músico estava tocando.

O grupo tem ao total 4 discos gravados, e uma carreira com mais de 20 anos, então eles tinham muito “pano pra manga” para tocarem num show solo, e pasmem! Eles tocaram 28 músicas! Para fã que nunca viu a banda na vida, foi para casa de barriga cheia e coração acalentado. Além disso, Los Hermanos tocou pela primeira vez ao vivo a música inédita “Corre Corre”, lançada 3 dias antes do show. O público, claro, foi ao delírio. A organização do show relatou um número de 15 mil pessoas que saíram de casa para acompanhar o quarteto. É incrível ver como uma banda consegue manter um público tão grande mesmo com mais de 10 anos de separação. E tinha muita gente nova, gente que não tinha nem 10 anos de idade quando o álbum “4” (2005) foi lançado.

Os ingressos custaram entre R$ 100 e R$ 400 e, como visto o público acima, não espantou quem de fato quis ver a banda. Na porta da Arena, estacionaram vários ônibus de pessoas que vieram de estados mais próximos para ver a banda.

Alguns detalhes e curiosidades interessantes do show: É notório o quanto o quarteto envelheceu nestes últimos tempos (óbvio, né!), Marcelo Camelo usava um óculos de grau que ele colocava no rosto só para ler as músicas no tp; Embora tenham tocado 28 músicas, o show passou muito rápido e eles não enrolaram. Houve uma interação ali e acolá, mas nada que fosse para encher linguiça; Rodrigo Amarante, para mim, foi o cara do show! Não menosprezando os outros músicos, mas Amarante é, além de cantor, um performista. Ele dança, brinca com o público, e retrata as emoções e o feeling de cada música de uma forma única. É ele que dá vida, leveza e graça a toda a performance do show dos Hermanos, e ainda foi para plateia na música “Quem Sabe”. É realmente um artista completo.

Por fim, teve muita gente chorando, muita gente gritando e pulando loucamente, e com certeza todo o público muito feliz de estar ali pela primeira vez para ver uma banda que fenomenalmente consegue reter tanto o público mesmo após seu término. Quem tá lendo isso aqui e tiver a oportunidade de ir ao show do quarteto ainda esse ano, vá! Eu recomendo! Além disso, a banda só fará essa turnê e voltar ao hiato, e nunca se sabe quando eles retornarão; só sei que, de fato, se depender de como foi a experiência em Salvador, eu estarei lá de novo!

 Setlist do show em Salvador

A Flor
Moça
Iaiá
Vencedor
Vento
Carnaval
Condicional
Corre Corre
Deixa o Verão
Primeiro Andar
A Outra
Morena
Samba a Dois
Tá Bom
Tenha Dó
Descoberta
Anna Júlia
Velho e o Moço
Paquetá
Conversa
Sétimo Andar
Calma
Romance

BIS
Dois Barcos
Pois É
Sentimental
Quem Sabe

TRIS
Pierrot

 Algumas Fotos e Vídeos do Show: