Guia Otaku – Como assistir Code Geass?

 

Muita gente que assistiu Code Geass no passado ficou um pouco surpreso quando anunciaram um filme novo, inclusive eu. Assim, o nome do filme já é um certo tipo de spoiler: Code Geass: Fukkatsu no Lelouch ou Lelouch of the Resurrection. Spoiler de quê, você se pergunta? Bem, no final eu explico melhor. Vamos ao que interessa, o que muda nesses filmes de Code Geass?

Lançado em 2006, o anime possui duas temporadas de 25 episódios cada, totalizando 50 episódios ao todo. A segunda temporada foi lançada em 2008. Considerando que cada episódio possui por volta de 20 minutos (desconsiderando a abertura e o encerramento), temos mais ou menos 1000 minutos de exibição ao todo. Dividindo para horas, dá mais ou menos 16 horas e meia de conteúdo. Pequeno, em um final de semana você assiste tranquilamente, pega a primeira temporada num sábado e a segunda no domingo, já era. Mas e aí, como assiste essa bagaça?

Vamos explicar isso certinho. Pensando no lançamento do novo filme, o estúdio Sunrise fez algo parecido com o que fizeram com Death Note: Rewrite, em que se resume o conteúdo do anime em filmes. No caso de Code Geass, fizeram três filmes para resumir o conteúdo do anime: (vou deixar o nome em japonês e em inglês, todos eles começam com Code Geass – Hangyaku no Lelouch ou Code Geass: Lelouch of the Rebellion) Kodo/The Awakening Path como parte 1, Hando/The Rebellion Path como parte 2, e por fim, Odo/The Imperial Path como a parte 3.

Esses três filmes juntos têm mais ou menos 7 horas de conteúdo. Isso dá uma perda de aproximadamente 9 horas de conteúdo do anime para os filmes, entretanto, não teve uma perda muito grande de enredo. Na minha opinião, você não precisa assistir ao anime para depois assistir aos filmes, afinal, o gancho que o último filme dá para o Fukkatsu no Lelouch não está presente no final do anime. “Mas como assim, o filme não é um resumo do anime? ”. Pois é, surpresa!

Apesar de ser um resumo do anime, existem algumas diferenças na história, e alguns cortes em algumas cenas. Muito do conteúdo ecchi foi removido (apesar de continuar uma grande parte). Grande parte das cenas que não tinham muita coisa a ver com a história e apenas dava uma enchida de linguiça foram removidas. Então, para você que não gosta de spoiler, esse é o fim do texto: pode assistir se quiser só os três filmes e aguardar lançar o quarto filme, mas para fins de conhecimento, eu recomendo mesmo assim assistir ao anime. É show de bola! Ah, isso aqui não é uma Opinião Sincera. Essa aí vai sair depois, porque eu preciso de um tempinho pra fazer um puta texto porque é muita coisa pra falar desse anime sensacional. 

            *** AVISO: OS PARÁGRAFOS A SEGUIR CONTÉM SPOILER. CASO VOCÊ NÃO TENHA ASSISTIDO NADA E/OU NÃO QUEIRA SABER DE NADA ANTES DE ASSISTIR, NÃO PROSSIGA COM A LEITURA. DO CONTRÁRIO, SEGUE QUE TEM COISA BOA*** 

Vamos nessa. Realmente não muda muita coisa, mas eu sou um pouco chato e detalhista quanto a algumas coisas. Vou começar pelo maior detalhe, na minha opinião: Shirley continua viva no filme, e aquele ataque que matou o pai dela não acontece. Pois é. Na minha opinião, tudo que aconteceu com ela, inclusive a descoberta dela que Lelouch é o Zero são detalhes importantes. A briga mental entre Lelouch e Mao por conta da C.C., as brincadeiras do comitê da escola do Lelouch… Muita coisa foi removida por conta da “falta de necessidade e interação com o enredo”. Então, como eu disse, deram uma enxugada.

Por isso eu recomendo assistir aos dois, para você, leitor, saber como a história realmente aconteceu, e em quais momentos a história divergiu com a real linha do tempo. A morte da Shirley foi muito importante para o desenvolvimento de Lelouch na história, por isso fiquei estranhando o fato dela estar viva no final. Mas vou ser sincero, a parte que mais me chocou e me deixou um pouco decepcionado foi (acredite se quiser) a mudança da trilha sonora na morte de Lelouch. Sério, o piano que tocava nessa cena (no anime) é muito marcante. Substituírem por uma música diferente me deu menos impacto na hora de assistir. Bom, eu teria mantido a original, tiraria mais lágrimas e deixaria os espectadores mais emocionados (opinião pessoal). E é isso, galera, vou ficando por aqui. Encerrando, Lelouch é, para mim, o personagem mais inteligente (ou um deles) no universo dos animes. Superfã dele meeeeeeeeeeeesmo. Voltarei em breve, e em algum momento trago um texto ENORME sobre Code Geass aqui no Puxadinho. Até a próxima!